Como manipular os Carboidratos na Dieta – Por Luciane Vieira

Carboidratos

Existem muitas formas de dosar as quantidades de carboidratos por atletas competitivos e podemos dizer que todas de uma certa forma funcionam sim, já que cada um tem seu metabolismo, sua estratégia entre as mais diversas variáveis para uma preparação.
gostaria aqui de dar a vocês apenas uma idéia de como os carboidratos devem ser usados quando o atleta esta em preparação para um campeonato onde a gordura corporal deve ser reduzida ao máximo e ao mesmo tempo manter a massa magra livre dessa gordura.
é importante salientar aqui que um bodybuilder em seu periodo of de competições consiga manter sempre seu percentual de gordura corporal entre 12 e 13 % e se conseguir abaixar alem disso melhor ainda, pois desta forma conseguira atingir sua forma competitiva mais facilmente e ter menos danos físicos e mental permitindo que a massa muscular magra seja mantida ate o dia da competição.
geralmente o período de dieta usado para uma preparação visando uma competição deve ser de 16 semanas para que seja possível manipular as quantidades de carboidratos ao longo dos dias e semanas e o corpo ir utilizando de forma eficiente.
nessas quatro semanas é importante que a manipulação dos carboidratos na dieta diminuindo suas quantidades em cada fase (semana) de modo progressivo para manutenção do tecido muscular permitindo ao mesmo tempo uma perda constante de gordura corporal.
abaixo segue exemplo da ingesta de carboidratos para um fisiculturista iniciando sua preparação com 200g nos dias de treino e 100g nos dias de folga.

SEMANAS 16-12 (DIAS DE TREINO)

REFEIÇÃO 1: 75 GRAMAS
– REFEIÇÃO PRÉ TREINO : 25 GRAMAS
– INTRA TREINO: 25 GRAMAS
– IMEDIATAMENTE APOS O TREINO: 75 GRAMAS
TOTAL = 200 GRAMAS

SEMANAS 16-12 (DIA DE FOLGA)

– REFEIÇÃO 1 : 60 GRAMAS
– REFEIÇÃO 2: 40 GRAMAS
TOTAL = 100 GRAMAS

SEMANAS 12-8 (DIAS DE TREINO)

– REFEIÇÃO 1: 50 GRAMAS
– REFEIÇÃO PRÉ TREINO : 25 GRAMAS
– IMEDIATAMENTE APOS O TREINO : 75 GRAMAS
TOTAL = 150 GRAMAS

SEMANAS 12-8 (DIA DE FOLGA)

– REFEIÇÃO 1: 50 GRAMAS
– REFEIÇÃO 2: 25 GRAMAS
TOTAL = 75 GRAMAS

SEMANAS 8-4 (DIAS DE TREINOS)

– REFEIÇÃO 1: 40 GRAMAS
– IMEDIATAMENTE APOS O TREINO: 60 GRAMAS
TOTAL = 100 GRAMAS

SEMANAS 8-4 (DIA DE FOLGA)

– REFEIÇÃO 1: 30 GRAMAS
– REFEIÇÃO 2: 20 GRAMAS
TOTAL= 50 GRAMAS

SEMANAS 4-1 (DIAS DE TREINO)

– REFEIÇÃO 1: 20 GRAMAS
– IMEDIATAMENTE APOS O TREINO: 30 GRAMAS
TOTAL = 50 GRAMAS

SEMANAS 4-1 (DIA DE FOLGA)

– REFEIÇÃO 1: 25 GRAMAS
TOTAL = 25 GRAMAS

SEMANA FINAL FAZ-SE O CARB UP.

Nas refeições que não contenham carboidrato deve se usar as proteínas mais azeite extra virgem de oliva, amêndoas, nozes e uma quantidade moderada de vegetais verdes escuros.
intra treino poderá ser utilizado a waxy maize mais uma quantidade bem expressiva de bcaas e glutamina.
muitos outros suplementos ou métodos são utilizados pelos atletas do fisiculturismo, mesmo porque não existe receita e sim descobrir o que melhor funciona para seu físico, o importante é buscar ajuda profissional sempre para a manipulação correta de nutrientes para que você consiga extrair o melhor do seu físico.

PROMOCAO PROSTAR

Be Sociable, Share!

Esta entrada foi publicada em DICAS e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta